header conteudo nova criatura
drogas - sinais de uso

Antes de ingressarmos no estudo dos sinais do uso indevido de drogas, mister acrescentar que mais importante do que procurar identificá-los são os cuidados, a prevenção propriamente dita, para que estes não ocorram.

É evidente que se for constatada sua presença, estaremos diante de um caso concreto de uso de drogas, restando apenas saber se a fase é inicial ou crônica. Os itens a seguir lhe ajudarão a detectar o uso ou não de drogas por parte de seu filho.

1- Sinais de Drogas e Equipamentos para Drogas

- A posse de equipamentos relacionados com drogas, como cachimbos, papel para cigarro/seda, seringas, pequenos maçaricos de butano, etc.
- A posse ou a evidência de drogas, plantas peculiares ou tocos de cigarro, sementes ou folhas em cinzeiros ou em bolsos de roupas.
- O odor de drogas, o cheiro de incenso ou de outros aromas de “encobrimento”.

2- Identificação com a Cultura das Drogas

- Revistas, material de decoração, roupas ou slogans relacionados com drogas nas roupas.
- Conversas e brincadeiras que se preocupem com drogas.
- Hostilidade na discussão sobre o assunto.

3- Sinais de Deterioração Física

- Lapsos de memória, curto alcance de atenção, dificuldade de concentração.
- Fraca coordenação física, fala indistinta ou incoerente.
- Aparência doentia, indiferença para com a higiene e a aparência pessoal.
- Olhos injetados/irritados, pupilas dilatadas e perda de peso em curto espaço de tempo.

4- Mudanças Acentuadas no Desempenho Escolar

- Queda nas avaliações.
- Aumento no número de faltas e atrasos.
- Falta de motivação para estudar e fazer os deveres e trabalhos escolares.

5- Mudanças no Comportamento

- Desonestidade crônica (mentiras, furtos, fraudes).
- Mudança de amigos, atitude evasiva ao falar sobre as novas amizades.
- Posse de muito dinheiro com origem desconhecida ou mal explicada.
- Demonstração de sentimento de ódio, hostilidade e irritabilidade.
- Redução da motivação, energia, auto-disciplina e amor próprio.
- Diminuição do interesse por atividades de esporte e lazer.
- Falta de harmonia familiar. Isolamento dos projetos de vida em comum.

6- Observações Importantes: Nenhum desses fatores isolados indica necessariamente o uso indevido de drogas, mas a soma de três ou mais poderá ajudar na identificação do problema. Caso ocorra a constatação, lembre-se que diálogo, amor, carinho e atenção são a melhor arma que os pais possuem para ajudar o filho a vencer a dependência química . Não dramatize o fato; procure ter certeza de que ele realmente está fazendo uso de drogas; tenha uma conversa franca com seu filho; tente descobrir o tempo e quais drogas que ele está usando; procure descobrir as razões que levaram seu filho ao uso de drogas; não estigmatize seu filho; nunca fique se recriminando ou procurando culpados e procure dar ao seu filho o apoio que ele tanto precisa nesta hora. Lembre-se: amor, carinho e diálogo.


Apesar das influências externas – principalmente da turma da escola e do bairro , a família permanece como o local onde a prevenção pode ser bem sucedida ou falhar. Ela pode dar as boas relações de afeto e a auto-confiança que constituem a chave mestra na prevenção ao uso de drogas. Eis o que os pais podem dar ao filho, a fim de protegê-lo do uso de drogas:

a) amor e afeição em todas as fases do seu crescimento;

b) disciplina consciente, mas justa;

c) ensinar a dizer e ouvir não;

d) abertura de canais de diálogo;

f) oportunidade de experiências gratificantes;

g) atmosfera familiar estável;

h) conceito correto e equilibrado sobre Deus;

i) modelos adultos em que possa se espelhar; e

j) informações oportunas e corretas sobre as drogas.

 
banner holdline espera telefonica jingles audio URA musica ambiente