header conteudo nova criatura
drogas - prevenção em família

O conceito de família é um objeto de estudo interdisciplinar que pode ser abordado desde múltiplas perspectivas e com finalidades muito diversas.

Implica aspectos biológicos, sociais e legais. Família é a matriz de grupo especial com uma responsabilidade particular de viver juntos, empregando transações, divisões de papel e outras comunicações, com o objetivo de criação, socialização e “aculturação”, que ocorre através do uso da linguagem, do modo de se relacionar, dos valores, das crenças inconscientes e das expectativas em relação ao papel.

A prevenção ao uso de drogas inicia-se no lar. Quando os filhos são respeitados, amados, disciplinados e criados para serem pais sensíveis, preocupados, estáveis, existe maior oportunidade para um amadurecimento mais sadio e menor probabilidade da dependência química se instalar. Quando as necessidades emocionais dos filhos são satisfeitas no lar, quando eles são ajudados a enfrentar a tensão, quando aprendem um sistema claro de valores, existe maior senso de segurança e auto-estima, acompanhado de maior capacidade de tratar com problemas da vida sem ajuda de drogas.

A mudança dos padrões de desempenho, aparência e comportamento pode indicar o uso de drogas. Os pais estão na melhor posição para reconhecerem os sinais do uso de drogas nos seus filhos e para isso precisam estar atentos. Quando os pais tomam ativo interesse pelo comportamento dos filhos, ficam em melhor condições de lhe fornecerem orientação e o apoio que eles necessitam para resistir às drogas.

A família se situa no centro da história da criação, e a vida no mundo depende dela em primeiro lugar. É a base de toda sociedade bem estruturada e constituída. É uma instituição natural e simples, nascendo espontaneamente, pelo desenvolvimento da vida humana. As crianças geralmente florescem quando se desenvolvem no seio de uma família saudável.

Uma Família Saudável é aquela em que: a) os membros compartilham e usufruem os grandes e pequenos momentos, felizes ou infelizes; b) a reflexão em grupo pode conduzir a um pensamento e uma filosofia a ser implantada; c) todos devem ter sua maneira de pensar. As visões diferentes devem ser respeitadas a apreciadas; há um envolvimento de integração com a comunidade através de outras famílias, escolas, clubes, igrejas, etc.; d) os membros respeitam-se uns aos outros, preservando o espaço de cada um; e) os pais dividem tarefas, responsabilidades e acima de tudo a liderança; f) usam o diálogo e a negociação ao invés do poder e da força para se chegar às resoluções; g) a autonomia e a competência individual e pessoal são sempre encorajadas; h) os sentimentos e as emoções são expressos abertamente.

Para prevenir que os filhos usem drogas, os pais precisam dar alguns passos:

1- Converse com seu filho sobre álcool, fumo e drogas em geral. Procure esclarecê-lo sobre os perigos e conseqüências oriundas da dependência química.

2- Escute-o com atenção, levando-o a compartilhar suas experiências e a senti-se bem consigo mesmo.

3- Elogie seus esforços e ajude-o a desenvolver valores firmes e adequados.

4- Dê sempre um bom exemplo e ajude seu filho a superar a pressão dos amigos, dando-lhe carinho, atenção e segurança.

5- Estabeleça regras familiares, pois a disciplina é a base para uma convivência familiar saudável e permanente.

6- Incentive seu filho a desenvolver atividades saudáveis e criativas. O lazer, os eventos escolares e religiosos e as atividades esportivas e sociais ajudarão a combater a ociosidade de seu filho e a prevenir o uso de drogas.

7- Compartilhe com outros pais sobre o problema da dependência química e busque ajuda profissional se for preciso.

8- Aprenda a reconhecer os sintomas e os sinais do uso de drogas e combata-os.

 
banner holdline espera telefonica jingles audio URA musica ambiente