header conteudo nova criatura
drogas

A droga faz parte da realidade social em que vivemos. Nenhum de nós, pais, educadores, autoridades ou jovens, pode viver como se ela não existisse ou não nos perturbasse. Ela está por toda parte, por isso é necessário estarmos bem informados e preparados para enfrentá-la.

Durante anos, o uso indevido de drogas foi tratado como assunto restrito às áreas médica e jurídica.

Hoje, quando o tema drogas é, indubitavelmente, um dos mais presentes nos meios de comunicação, sabemos que sua abordagem deve ser a mais ampla possível, haja vista ser motivo de preocupação universal. Infelizmente, a maciça produção de notícias sobre esse assunto nem sempre é acompanhada pela devida sobriedade, nem pelo caráter científico necessário. Sensacionalismos, afirmações emocionais e ou moralismos duvidosos distorcem os fatos e apresentam um panorama nebuloso e preconceituoso, o qual não favorece a adequada objetividade no trato específico do problema.

Sua abordagem exige, além do conhecimento técnico, sensibilidade humana e ampla reflexão sobre o tema e suas implicações éticas. Com certeza, a tentativa de se compreender a pessoa que recorre às drogas deverá ser precedida de uma adequada compreensão da sociedade a que pertence e da função que a mesma nela desempenha. Algumas pessoas insistem que a decisão de fazer uso de drogas é de natureza pessoal e que só afeta quem as usa. Todavia, o efeito de drogas desintegra as famílias e enfraquece sociedades inteiras com a sobrecarga das perdas econômicas, custos de saúde e aumento da ilegalidade e do crime.

Não basta conhecermos os perigos das drogas. Cada um de nós precisa também agir para que o seu uso não seja tolerado em nossos lares, igrejas, escolas, empresas ou em nossas comunidades. Temos de ser duros, e temos que agir assim agora. O problema é imenso. A necessidade de ação é premente; o momento de agir é agora!

Foi pensando nisso que preparamos esta seção do portal, fugindo dos preconceitos por meio de uma abordagem ampla e voltada para a realidade do problema. Sem pânico e principalmente, sem ilusões.

Fonte: Drogas: O Que Todos Precisam Saber
Editado por Jânio Luiz de Miranda
CEPREV – Centro de Prevenção & Valorização da Vida

 
banner holdline espera telefonica jingles audio URA musica ambiente