header fausteen nova criatura
E-mail

trabalho

“Não obedeça ao seu superior apenas quando ele estiver olhando, como para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo, de coração, a vontade de Deus, servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens. Sabendo que cada um receberá do Senhor todo o bem que fizer, seja servo, seja livre.” - Efésios 6.6-8

Esse texto faz referência ao ensino que o Apóstolo Paulo fez nessa carta endereçada aos cristãos de Éfeso, e que se tornou uma carta universal, já que direcionada a todos os cristãos. Essa aplicação em nossos dias é útil para demonstrar a relação do cristão no trabalho. Qual deve ser a atitude correta?

Em primeiro lugar, é preciso pensar que, quando o cristão ocupa um cargo, ou função, isto não aconteceu por acaso. O homem foi criado para a glória de Deus e, nesse propósito, tem a missão de falar da graça salvadora de Jesus aos outros que o cercam. Ele é como um “diplomata” ou “embaixador” do reino de Deus, defensor de Sua mensagem e proclamador das verdades que mudam o caráter do homem.

Em segundo lugar é o seu testemunho cristão. As pessoas serão alcançadas muito mais pelo seu testemunho do que pelas suas insistentes palavras. Você não precisa, e nem deve, falar de Jesus o tempo todo durante o horário de trabalho. Nesse momento, você tem que cumprir o seu compromisso contratual. Lembre-se, quem faz a obra é o Espírito Santo. Você pode apenas dizer: “Bom dia, como vai sua vida com Deus” e o Espírito Santo tocar na vida da pessoa (fato verídico). Aja como um cristão transformado e as pessoas serão transformadas em sua volta. É claro que haverá momentos em que você terá de falar de Jesus, quando alguém com problemas pedir seus conselhos. Aproveite a oportunidade de Deus.

Em terceiro lugar, devemos ter em mente o que Davi afirma no salmo 24.1: “Do Senhor (Deus) é a terra e a sua plenitude, o mundo, e aqueles que nele habitam”. Ou seja, qualquer coisa, tanto a sua empresa, se você é proprietário, quanto a empresa que você trabalha pertencem ao Senhor; e mais ainda, o coração dos reis está nas mãos do Senhor, a do seu empregador ou cliente também. Agora, o mais importante é que a sua vida pertence a Deus. Portanto, não será a sua amizade com o seu patrão, a sua capacidade de trabalhar, ou falando abertamente, o fato de ser ou não “puxa-saco” que determinará a sua vitória. É DEUS (Leia o capítulo 8 de Deteuronômios).

Em quarto lugar, você estará servindo a Deus, no seu local de trabalho, se cumprir com todas as suas atribuições e obrigações como se fizesse para Deus e não para seu “chefe”. Se você considerar que está servindo a Deus, certamente haverá um toque de excelência em tudo o que fizer.

Em quinto lugar, você deve ter entusiasmo naquilo que faz. Isso é a maior prova de que o que você faz é para Deus. Se você tem o hábito de reclamar do seu trabalho, do seu chefe, do seu patrão, da sua empresa ou dos seus empregados, PARE. Não é esse o ensino ou o desejo de Deus para a sua vida. Se você quer uma posição ou oportunidade de trabalho melhor, peça a Deus. Mas peça que Ele faça a vontade dEle e sirva-O com sinceridade, que assim, “Ele satisfará os desejos do teu coração” (Salmo 37.4).

E por último, Deus deseja que você seja perfeito - “sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.” Mateus 5.48. E o seu trabalho é uma oportunidade para Deus moldar o seu caráter. Se você não gosta do seu trabalho porque você:

• “no fundo” não gosta de trabalhar, Deus vai curá-lo da preguiça;

• não gosta de se sujeitar ao seu superior, Deus vai tratar a sua insubordinação;

• é “genioso”, Deus vai tratar o seu temperamento;

• não gosta do seu colega de trabalho, Deus vai ensiná-lo a amar ao próximo;

• tem ciumes da vitória de seu colega ou superior, Deus vai curá-lo da inveja;

• sempre acha que poderia ter conseguido coisa melhor, Deus vai ensiná-lo a ser humilde.

Enfim, todos somos limitados e por isso precisamos conhecer mais o que Deus quer para a nossa vida. Assim, devemos aprender com as lições do dia a dia.

 

 
banner holdline espera telefonica jingles audio URA musica ambiente