header canais nova criatura
Mudanças: atitudes enquanto é tempo E-mail

“Em geral, as pessoas morrem em torno dos trinta anos e são sepultadas por volta dos sessenta ou setenta. Leva quarenta anos para os outros perceberem que aquelas pessoas estão mortas.

Lembre-se: a vida é sempre incerta. Somente o que está morto é certo, é sólido, é fixo. Tudo o que está vivo muda sempre e se movimenta, é fluido, líquido, flexível, capaz de se mover em qualquer direção.

Quanto mais você se torna seguro, mais está perdendo a vida. Viver é arriscado e morrer não tem nenhum risco. Viver é sempre perigoso, porque viver significa conviver com o desconhecido. Morrer é muito, muito seguro. Na verdade, não há nenhum lugar tão seguro para o ser humano quanto um túmulo. Nada mesmo pode acontecer, nenhum acidente, nenhum azar. Essa é a segurança do túmulo. E as pessoas têm desejado tanto a segurança que elas estão mesmo prontas a morrer por ela. Deseje a insegurança, pois isso é desejar a vida.

Busque a insegurança, procure os caminhos ainda não trilhados e navegue por mares ainda não navegados, porque esse é o caminho da vida. Quando as mudanças começam a ocorrer, as pessoas ficam com medo. Então, algumas vezes, elas se agarram às misérias, porque elas lhes parecem familiares. Mas o crescimento é sempre um jogo arriscado. As pessoas têm que perder aquilo que conhecem em troca de algo que ainda não conhecem. Têm que perder aquilo que está em suas mãos em troca de algo que ainda não está. Na vida real, não há nenhuma segurança, nenhuma promessa, nenhuma garantia. Exceto a certeza da morte...”

Esse trecho de um texto de autor desconhecido nos leva a refletir sobre a importância de renovarmos a nossa mente. Romanos 12:2 nos adverte: E não vos conformeis com este século, mas transformais-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Em um dos últimos livros publicados do irmão Lee, ele nos encoraja e vivermos “em novidade de vida” dizendo: “Ponham fim à velha maneira e adotem a nova maneira. Façam algo de maneira nova, em novidade de vida. A vida cresce todos os dias, de modo que a novidade pertence à vida. Se permanecemos de determinada forma, isso indica que não estamos na vida. Se estivermos na vida estaremos sendo renovados todos os dias.”

O Senhor quer que nós O expressemos. Se permanecermos em nós mesmos, no velho homem, com toda a sua velhice, com todo o seu tradicionalismo, jamais seremos capazes de expressar  o Novo Homem que é Cristo Jesus. Em Gn 1:26 Deus disse: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; Aleluia por isso mas, esse ainda é o velho homem, mas em Ef 4:23-24  Paulo nos adverte:  e vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da Verdade.

Para praticarmos isso é necessário que Andemos na Graça Ef 4:1; Andemos na Verdade Ef  4:17-20; Andemos em Amor Ef 5:2; Andemos na Luz Ef 5:8 , para isso é preciso que Andemos no Espírito Ef 5:15-19. Se quisermos ter uma vida abundante, cheia de frescor, essa é a MUDANÇA indispensável que precisamos ter em nosso viver, caso contrário, seremos cadáveres ambulantes! 

Ronaldo Cirqueira- Consultor e palestrante

 
banner holdline espera telefonica jingles audio URA musica ambiente