header canais nova criatura
Uma nova fronteira no atendimento E-mail

O mito de que o Atendimento a Clientes não é esse “bicho de sete cabeças” que tanto apregoam por aí, na realidade tem sido a causa de centenas de “portas fechadas” por todos os lados.  

Infelizmente, para muitos, a questão do Atendimento a Clientes não é tão essencial como tem sido apregoada e, mais do que isso, acreditam que tendo os produtos que os clientes procuram preços e condições de pagamento favoráveis, os clientes vão sempre aparecer e comprar, sem se preocuparem muito com o “atendimento” que recebem da empresa. 

Poucos se dão conta de que o consumidor há tempos vem passando por um processo de profunda transformação, poucos se aperceberam que a cada dia que passa, mais e mais empresas deixam de lado o foco no produto e voltando-se totalmente para o foco no foco do cliente. Essas empresas tomaram consciência de que a razão da existência delas é o cliente e que é ele, e somente ele, será capaz de manter a sua permanência no mercado. 

Hoje, um atendimento com simpatia, educação e cordialidade não é mais um diferencial, é uma obrigação, é algo comum, que nem se quer é mais notado pelo consumidor moderno. 

Não podemos nos esquecer que, ao longo desses últimos anos, principalmente após o fim da reserva de mercado, o país entrou numa nova fase, competindo com os grandes grupos multinacionais, com produtos e serviços de primeiro mundo, o que obrigou as organizações a reverem seus conceitos e se adequarem a uma nova realidade, muito mais competitiva, mais profissional e, portanto, muito mais focada na satisfação das necessidades de seus clientes. 

Surgiram os SAC’s - Serviços de Atendimento ao Consumidor; Departamentos de Atendimento a Clientes e toda uma gama de ações que têm como único e absoluto objetivo promover a plena satisfação de seus clientes.  

Nesta nova realidade, atender bem, de maneira educada e cortês, já não encanta e nem cativa tanto quando há alguns anos atrás, a realidade de hoje está muito mais voltada para proporcionar ao cliente uma experiência inesquecível, um momento mágico, capaz de fazer com que ele fique definitivamente encantado pelo seu atendente e pela empresa que ele representa. 

O bom profissional de atendimento hoje, tem que ser alguém que enxergue a sua profissão como uma verdadeira missão; tem que ser alguém que se sinta gratificado e realizado ao proporcionar ao seu cliente, seja ele alguém que comprou 3 reais  ou 300 mil reais, um momento especial e inesquecível naquele dia. 

Você pode até não creditar, é um direito seu, mas tem muitas empresas investindo pesado nisso e, certamente, seus clientes estão sendo “mau acostumados” em receber tratamentos muito acima do padrão que você está acostumado a dispensar a eles. 

Penso que todos nós nos lembramos daquela antiga campanha do Unibanco; “a Lucia Helena do Unibanco mima você demais..”, o que parecia um certo exagero tem sido “o alvo” perseguido por muitos profissionais e empresas de todos os seguimentos do mercado; A ordem é investir no encantamento do cliente. 

Um cliente fiel é aquele que, entre outras coisas, compra com regularidade; é um entusiasta em divulgar os produtos e serviços da empresa; é imune à pressão da concorrência e é capaz, inclusive, de tolerar eventuais falhas ou problemas no atendimento, sem desertar.

Portanto, a missão é transformar cada cliente potencial em compradores; em seguida transformá-los em clientes freqüentes; depois, em clientes habituais e, finalmente em divulgadores dos nossos produtos e serviços, e isso só é possível se houver não apenas envolvimento, mas, sim, um comprometimento coletivo, onde cada elemento que faz parte da organização tenha essa meta como seu maior e mais importante objetivo profissional.  

Esse é o novo parâmetro para quem quer se manter no mercado. Ao invés de simplesmente dar um bom atendimento ao seu cliente, vá além, sirva-o. Agindo assim, você criará um relacionamento lucrativo e duradouro com ele.Você se habilita? 
 

Ronaldo Cirqueira -Consultor e Palestrante

 
banner holdline espera telefonica jingles audio URA musica ambiente