header canais nova criatura
Você é capaz de mudar? E-mail

Constantemente ouvimos falar sobre como as mudanças afetam nossas vidas. A realidade é que a única coisa permanente são as mudanças. Nos resta, então, gerenciar a intensidade, qualidade e velocidade que elas ocorrem. Precisamos acompanhá-la para nos mantermos atualizados neste mercado de trabalho competitivo (isto é um fato), mas também temos que levar em consideração que a mudança normalmente esconde um risco e/ou uma oportunidade. E é para se proteger dos riscos que muitas pessoas preferem manter tudo como está, pois é mais confortável e seguro.

Quando se fala em mudança de comportamento e atitude, ai fica mais complicado ainda. Você já percebeu se tem algum comportamento que precisa mudar? Alguma vez você disse ou fez algo de que se arrependeu logo em seguida? Alguma atitude sua te prejudica em relacionamentos pessoais ou profissionais?

Muitas vezes reagimos às situações diversas de uma maneira que acaba criando atritos com as pessoas, sendo que algumas vezes percebemos e outras não. Se você não percebe que suas atitudes criam um ambiente ruim fique atento, pois poderá ser prejudicado um dia por isso.

Algumas pessoas até vêem que algo está errado e que precisam mudar de postura, mas, quando percebem, já agiram da mesma forma de sempre. Isto acontece por uma razão muito simples: nosso cérebro procura dar uma resposta conhecida para as situações. Se você, normalmente reage de forma agressiva a uma situação de tensão, provavelmente a tendência será que reaja assim em situações parecidas. Isto se chama círculo vicioso.

Melhorar requer, em primeiro lugar, ter consciência dos maus hábitos, além de muita disciplina e treinamento, sempre que houver oportunidade.

Simples de falar e muito difícil de se fazer. A dificuldade existe não porque mudar seja impossível, mas porque, além de muita força de vontade é preciso também exercitar, já que o segredo para se aprender novos hábitos está na repetição até o domínio total.

Cada pessoa tem um jeito de aprender que lhe cai mais natural. Pode ser por tentativa e erro (tentar fazer algo pela experiência adquirida), pode ser através da reflexão sobre as experiências próprias e de terceiros. O importante é saber que quase todos os modelos de aprendizagem acabam dependendo das relações pessoais e profissionais e, portanto, autocontrole e empatia fazem a diferença – voltamos a depender de mudanças. Pessoas ansiosas demais acabam prejudicando a capacidade de escutar, pois enquanto o interlocutor fala, ele fica articulando a resposta em sua mente, deixando escapar detalhes do que está sendo dito. Veja algumas dicas para melhorar a sua capacidade de comunicação:

  • Primeiro, ouça atentamente tudo o que a pessoa tem para te dizer para depois pensar na resposta;

  • Segundo, faça perguntas para esclarecer dúvidas, não para ficar questionando ou condenando;

  • Terceiro, não se precipite com reação ofensiva ou defensiva.

No começo, a nova maneira de pensar e agir, decorrente da tentativa de mudança, pode até parecer um pouco forçada e você pode sentir um pouco desconfortável. Porém, à medida que você for treinando seus novos hábitos, vai parecer mais natural e automático – uma reação inconsciente mas positiva.

Mário Costa Benz - Consultor

 
banner holdline espera telefonica jingles audio URA musica ambiente